sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Se puder ir a Campo Maior ...




Pode visitar no Museu do Café uma nova exposição, intitulada O SILÊNCIO DAS CEGONHAS, de Pedro Inácio e Carlos Inácio.

Museu do Café
Herdade das Argamassas
7370 – 171 Campo Maior

Horário:
9h00 – 13h00
14 h30 – 18h30

Tel: 268 680 000 / 260 699 426

Email: museudocafe@delta-cafes.pt

E aproveite para ver Campo Maior e o Castelo de Ouguela

O Castelo de Campo Maior, mandado construir por D. Dinis, em 1310, sofreu grandes alterações em meados do século XVII, no período das guerras da independência, segundo traças e direcção do engenheiro militar Nicolau de Langres. Da época medieval subsistem apenas alguns panos de muralha e parte da torre norte, com os seus matacães. Da cintura, fortificada na campanha seiscentista, restam, ainda, baluartes, portas e revelins.
Em 1732, uma violenta trovoada causou a ruína de uma das torres que servia de paiol. A explosão que então deflagrou e o incêndio que se seguiu afectaram grande parte da vila e consumiu mesmo mais de metade das habitações em redor do castelo. D. João V ordenou a sua reconstrução, a cargo do engenheiro militar Manuel de Azevedo Fortes, transformando as antigas ruínas medievais numa fortaleza mais pequena, mas de maior operacionalidade.cit. a partir de http://www.ippar.pt/

Escavações efectuadas no interior de um dos edifícios de construção moderna - o paiol - vieram confirmar as fundações medievais do castelo que serão visitáveis a curto prazo numa pequena mostra com projecto de arquitectura é de Carrilho da Graça.
Entre O Caia, o Xévora e o Abrilongo ficam Degolados e Ouguela, duas aldeias rurais do Concelho de Campo Maior, dizendo os ambientalistas que por aqui ainda vivem a Abetarda, o Sisão e o Grou.
O vimieiro e o salgueiro são aqui matéria prima para os cestos e todo o tipo de artesanato.

Campo Maior

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Miróbriga 2001



Miróbriga, um dia a cidade começou assim (reed.)


Desejaria que, um dia, a cidade renascesse ...
essa cidade de pedras onde outrora viveram pessoas
mas as pedras são como rostos; falam-nos dos sentidos
As pedras narram as estórias que  Álvaro Lapa compreendeu: Finesterra




Ruínas de Miróbriga, Santiago do Cacém
18 de Maio, 16h

Abraçando a comemoração do dia dos Museus, vai realizar-se, no dia 18 de Maio, pelas 16h, no Centro Interpretativo de Miróbriga uma reunião com eventuais apoiantes da criação da «Liga de Amigos de Miróbriga».
Pretende-se com a criação desta Liga envolver os cidadãos em geral, bem como entidades públicas e privadas e ainda a comunidade escolar e os investigadores na valorização do sítio, apelando-se assim à consciência cívica para a necessidade de uma maior valorização de tão importantes vestígios do passado.
As ruínas de Miróbriga, aglomerado urbano de relevância no período romano, possuem um Centro Interpretativo, infra-estrutura que contempla uma sala de exposições, um pequeno auditório, uma recepção, uma cafetaria, salas de trabalho e um laboratório e que se encontra concluída e aberta ao público desde Maio de 2001. Criado com a finalidade de apoiar os trabalhos arqueológicos a desenvolver em Miróbriga; servir de local de acolhimento aos visitantes; promover actividades sócio-educativas e ainda viabilizar eventos culturais de vária índole, poderá, desde que mais optimizada, funcionar como um pólo de dinamização cultural do Alentejo.
No entanto, para que tal aconteça é necessário que se criem, efectivamente, sinergias entre os vários agentes sócio/culturais e económicos, regionais e nacionais, permitindo criar maiores laços com o Sítio e com o que ele venha a incrementar.

Maio 2007



E agora dois anos passados? Que balanço fazer?

Centro Interpretativo de Miróbriga

Exposição no Centro Interpretativo de Miróbriga

Sobre os materiais expostos pode consultar: http://mirobriga.drealentejo.pt/
Se quiser consultar o Roteiro de Miróbriga, pode fazê-lo em:

Sala de exposição em fase de montagem

Posted by Picasa

Exposição do Centro Interpretativo de Miróbriga

Inauguração do Centro Interpretativo de Miróbriga, 2001

Exposição no âmbito do Programa Cultura 2000

Proposta de criação da Liga de Amigos de Miróbriga



Termas de Miróbriga

Vista aérea das Termas e parte do Forum de Miróbriga

Fotografia aérea, 1995: MFB

Termas de Miróbriga, após trabalhos de conservação efectuados em 2001

Vista geral da entrada e do Frigidarium