quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Três cadeiras no Alentejo

Aprestos, e deusas, de Atavio
O culto em cima é de perfil
Porém, Todavia e Contudo. Um
Pouco de barro na noite, fria
Como se chama? Diz que escondido

No meio das mulheres, o deus
Da Empresa. à força de uns períodos
Castelos protegidos de antigas
Batalhas servem agora p'ra mudar o penso
E por Espanha três cadeiras no deixa.

Gil de Carvalho
"De Quatro e Cinco", Poemário 2009
Postar um comentário