terça-feira, 30 de abril de 2013

Alentejanos no Facebook, uma nova etapa


Em tempos, havia desejado fazer um trabalho de fundo sobre o Alentejo através dos seus recursos, tendo como pano de fundo os QUATRO ELEMENTOS: TERRA, ÁGUA, FOGO E AR.
Partia do princípio que a todos eles correspondia um conjunto de recursos e de actividades em seu redor.
Acabados de tratar os concelhos do Alentejo na etapa que terminámos, venho assim propor uma nova abordagem temática.
A TERRA será a primeira a ser tratada, pois à volta dos recursos agrícolas, agro-pecuários e da pastorícia se fixaram as gentes, desde a Pré-História, no Alentejo.
A ÁGUA faz do Alentejo uma Mesopotâmia e foram os rios, as represas e barragens que permitiram alagar terras e fertilizá-las e ainda trocar produtos, pois muitos deles eram navegáveis e escoavam os produtos agrícolas e os minérios.
O FOGO permitiu manipular os minérios e produzir carvão. É o FOGO que permite que nos fornos do Alentejo se coza o pão e se faça o Borrego assado e tantos outros pitéus.
O AR, como essência etérea, é aqui o elemento que servirá de base para o tratamento do SAGRADO, pois também desde tempos imemoriais o Homem não só se fixou como se relacionou com o Divino de várias formas e de acordo com todas as culturas e povos que ocuparam este território.
Será também o elemento escolhido para representar a música.

Contudo, gostaria de ter da parte dos aderentes um comentário sobre a proposta de organização do nosso GRUPO, pois implicará de todos nós uma nova forma de partilhar a informação.
Paralelamente, tentaremos ir dando conta dos acontecimentos culturais que considerarmos relevantes.
Fica o repto e a enorme vontade de continuar.

Ao Luís Milhano agradeço ter-me convidado um dia para esta viagem e a confiança que em mim depositou!

Ao João Simas, colega e amigo de longa data, que, doravante, comigo o admnistrará o meu obrigada por ter aceite.
Postar um comentário